segunda-feira, 11 de abril de 2011

Domingo difícil para comentar futebol: você não sabe se dorme ou se vê o jogo

No “minuto de silêncio” pelas vítimas da chacina na escola em Realengo, no Rio, foi constrangedor a bateria da torcida (realmente não sei se do São Paulo ou do Noroeste) insistir em fazer barulho enquanto os jogadores dos dois times faziam uma roda para homenagear os mortos. O Luciano do Valle chamou a atenção para essa grosseria tosca.

Sobre futebol propriamente dito, um domingo difícil para comentar.

O campeonato paulista está numa fase que você não sabe se dorme ou se vê o jogo. Eu sempre defendi os estaduais, mas com 23 datas (19 na fase de classificação mais quatro nos mata-matas) é insustentável. Com a nova fórmula mediocrizante em 2011 de se classificarem oito times (e não quatro, como nos anos anteriores) para as fases finais, a Federação Paulista de Futebol conseguiu afastar até pessoas que defendem o estadual.

Os times grandes paulistas expõem a integridade de jogadores como Neymar e Lucas (para citar os dois melhores) em 19 rodadas que, na prática, não valem nada. Os clássicos são o único atrativo, agora que o sistema de disputa é feito para que Santos, Corinthians, Palmeiras e São Paulo se classifiquem. São Caetano (8°, 26 pontos), Paulista (9°) e Portuguesa (10°), ambos com 25, disputam a última vaga no G-8. As outras sete equipes já estão definidas, até esta penúltima rodada, nessa ordem: Palmeiras, São Paulo, Corinthians, Santos, Oeste, Mirassol e Ponte Preta. Torço para que a 8ª vaga seja da Lusa, que conseguiu importante vitória contra o Paulista em Jundiaí no sábado por 1 a 0, desde que, havendo um duelo com o Santos, o xerife Domingos não esteja em campo.

Uma palavra sobre cada um dos grandes:


Muricy e Neymar na estreia/ Foto: Divulgação SFC

Da estréia de Muricy Ramalho pelo Santos não se poderia esperar muito, tanto pelo contexto acima quanto pela situação do time hoje, que luta na quinta-feira, 14, contra o Cerro Porteño pela permanência na Libertadores, tendo que vencer lá no Paraguai. O 0 a 0 fora de casa com o Americana (esse time de aluguel que era Guaratinguetá e se mudou de endereço e de nome) não muda nada na programação do Peixe, que jogou com time misto. Começou no 4-3-3 variando para o 4-4-2 no segundo tempo. Não ver o volante Adriano em campo já foi significativo. Vai ser mais difícil com Muricy o Santos continuar tomando gols absurdos em contra-ataques mesmo vencendo o jogo, como aconteceu nos dois jogos com o Colo Colo, principalmente o da Vila.

O Palmeiras segue em vôo de cruzeiro no Paulistão. Com a vitória tranqüila sobre o Grêmio Prudente, sábado, por 2 a 0, lidera o campeonato. Resta saber se o time vai corresponder ao que espera a torcida palestrina, que não agüenta mais, nos últimos anos, ver o time perder na hora em que de fato a onça bebe água. Na quarta-feira, o time de Felipão pega o Santo André pela Copa do Brasil.


Adriano: marketing arriscado/ Foto: Reprodução
 O Corinthians só tem o Paulistão no semestre. Perdeu do São Caetano de 2 a 1 neste domingo e luta com o Santos pela 3ª ou 4 ª vaga na última rodada do Paulistão. O que não significa nada. Ficar em 1° ou 4° dá na mesma. O azar vai ser do time grande grande do G-4que pegar a Ponte Preta nas quartas, porque vai ter que jogar um pouco mais. No Timão, a notícia do dia, além da derrota para o Azulão, foi a apresentação de Adriano, que tem tudo para emplacar a alcunha Gordo 2. Acho que esse casamento Gordo 2 e Corinthians não vai dar em nada.

E o São Paulo também segue em vôo de cruzeiro, no Paulistão (mas passou pelo Santa Cruz no sufoco, pela Copa do Brasil), o que a fácil vitória sobre o Noroeste em Bauru, por 3 a 1, confirma. No dia 20, o Tricolor enfrenta o Goiás no Serra Dourada pela CB, o torneio que Rogério Ceni um dia disse que não se imaginava jogando, mas está jogando, e dando duro, pra ver se encurta o caminho à Libertadores.

Atualizado às 21:54

3 comentários:

Felipe Cabañas da Silva disse...

A minha primeira reação sobre o Adriano no Corinthians foi negativa. Em primeiro lugar, por estar em fim de carreira (sou sempre a favor da molecada, com gás e vontade de vencer, e o Corinthians sempre teve tradição de investir em categorias de base, por isso é o maior campeão da copinha, chegando a 14 finais e vencendo sete delas). Esse negócio de jogador superstar em fim de carreira, para puxar marketing e assim atrair grana para o clube está me incomodando bastante, e, como é óbvio, nem sempre dá bons frutos. O Ronaldo viveu uma fase linda no Corinthians, e depois foi um fiasco, porque dizer que o Ronaldo jogou o Campeonato Brasileiro de 2010 é piada. O Roberto Carlos não deu certo. Jogou meia dúzia de partidas boas no brasileiro e depois morreu.

Em segundo lugar, porque o Adriano tem essa fama de irresponsável. Não me incomoda o que ele faz com o próprio corpo, como ele quer viver a própria vida, se ele gosta de funk ou de travestis. Mas isso não pode interferir no trabalho, e alguns me chamarão de careta (pouco importa), mas jogador de futebol tem sim de manter uma disciplina mínima, porque é um esporte de altíssimo (e cada vez maior) desgaste.

Em terceiro lugar, porque o Adriano não é o Ronaldo, um gênio do futebol que vale a pena ter no time em qualquer circunstância.

Mas agora estou disposto a ver o que acontece, e, sem querer dar uma de paulista arrogante, acho que nos clubes de SP a questão disciplinar é levada um pouco mais a sério, o que faz com que haja uma certa pressão (dirigentes + imprensa) para que o cidadão ande na linha. Se o Adriano perder um pouco de peso e maneirar na balada acho que ele pode ser positivo pro Corinthians. Além do mais, tem o fato de que é o jogador ideal (se estiver em plena forma) para fazer dupla com o monstro Liedson.

Luciano disse...

Felipe...

tenho a impressão que o Adriano vai dar certo sim... mas quem vai se dar melhor mesmo será Liedson...

Anônimo disse...

reported plenty of people cover their particular lending options before its due not to mention with no bank charges
A leading personal debt charitable plans the sheer number of consumers using them all designed for enable throughout online payday loan financial obligations to be able to twin this kind of. arrears nonprofit reveals all over buy any quick, great desire personal loans this year. Your charitable organization suggests three years past the quantity of clients with them ended up being insignificant.
pożyczka na dowód
pożyczka na dowód
kredyty pożyczki bez zaświadczeń
pożyczka na dowód
kredyty bez bik

http://pozyczki-prwatne.org.pl
http://kredytybezbiku.biz.pl
http://kredytybezbiku.biz.pl