segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Émerson Leão está de volta e é o novo técnico
do São Paulo

A missão óbvia do treinador será levar o time a uma das vagas à Libertadores. Se o time ganhar motivação com o novo comandante, deve ultrapassar o oscilante Fluminense e conquistá-la.


Reprodução
Leão é um personagem que faz falta no futebol, onde, como quase tudo hoje em dia, tudo é politicamente correto. O tipo general do técnico é uma das coisas divertidas no esporte, principalmente nas coletivas.

Acho que Leão tem muitas semelhanças com Felipão. Ambos são vencedores, e os dois são temidos pelos jogadores nos clubes onde desembarcam. E correm o risco de não terem mais clima para trabalhar, se não adotarem uma postura um pouco menos beligerante. Senão, chegará um dia em que não haverá um atleta na face da Terra que queira trabalhar com Leão e Felipão.

Mas os próprios torcedores são-paulinos gostam de Leão, de modo geral. Segundo muitos deles, foi o treinador que montou o time que veio a ser campeão mundial em 2005. Na época, lembro do então ténico Paulo Autuori que, tendo conquistado o título na final contra o Liverpool, declarou que a conquista era também de Émerson Leão.

Dos títulos de Leão, o mais espetacular e bonito foi o Brasileiro de 2002 com o Santos, quando o clube saiu de uma fila de 18 anos numa final antológica com o Corinthians de Parreira com duas vitórias (2 a 0 e 3 a 2). Com o Alvinegro da Vila, Leão ganhou também a hoje extinta Copa Conmebol de 1998, conquistada numa final dramática contra o Rosário Central na Argentina que terminou 0 a 0. Sua passagem pelo Santos em 2008, porém, foi fracssada. Outro grande título do treinador foi o Brasileiro de 1987 pelo Sport.

Depois de uma fase bem-humorada na carreira (ele próprio já disse que trabalhar com Robinho e Diego em 2002 fez com que se tornasse uma pessoa mais tolerante e alegre), Leão voltou ao seu estilo de sempre. O último título que conquistou no futebol, aliás, foi o Campeonato Paulista de 2005, justamente com o São Paulo. Porém sua última passagem em um clube do país, o Goiás, no ano passado, foi desastrosa.

Lusa sobe
Notícia digna de nota foi a ascensão da Portuguesa para a Primeira Divisão em 2012. Parabéns à Lusa, que caiu duas vezes para série B. Em 2002 o time foi rebaixado e voltou apenas em 2007. Mas ficou apenas um ano na elite, voltando a cair em 2008. Três anos depois, o velho e tradicional clube está de volta. Vamos ver se para ficar.

Atualizado às 15:55

6 comentários:

Felipe Cabañas da Silva disse...

VAI LUSAAA... O TIME DA MINHA SAUDOSA VOVÓ...

E Leão no São Paulo tende a ser uma caca... Sei lá, pode ser que eu queime a língua, mas pra mim é um treinador na descendente... E tende a dar merda com esse bando de moleques mimados que é o elenco tricoflor... O que aconteceria com Scolari também... Pra mim o SP vai pegar fogo, no mau sentido...

Edu Maretti disse...


O estranho é que o contrato vale até o fim do ano, segundo se divulgou. Mais curto que contrato de experiência.

olavo disse...

Quando se fala de Leão, acaba se dando peso maior à questão ética, profissional, caráter, etc, etc.

Tudo isso pesa sim, claro. Mas acho que o maior problema de Leão, hoje, é técnico, de competência pra ser treinador de futebol num time grande como o São Paulo.

Sim, ele foi campeão brasileiro em 2002 e sou eternamente grato a ele por isso. Mas quando analisamos a carreira dele como um todo, vemos pouquíssimos títulos e trabalhos de peso. Derrotas são mais comuns do que triunfos. E quando pensamos que a idade também chega para os técnicos, aí fica a certeza que a coisa não deve ir pra frente.

carmem disse...

Eu gosto muito do Leão campeão brasileiro com o Santos em 2002 que, como ele meso disse, estava mais tolerante e alegre e mandou muito bem.
Não gostei da ida dele pro São Paulo porque costuma dar certo no início e não torço por isso nesse caso.
Muito bom que está de volta, pelo menos tem mais assunto nas segundas feiras.
Vamos acompanhar.

Felipe Cabañas da Silva disse...

O Leão campeão brasileiro de 2002 com o Santos tinha quase um "dream team" na mão. Agora a realidade do São Paulo é outra. É um time mediano, que pra mim já foi além do esperado. Acho que o São Paulo pode conseguir uma vaga sofridíssima na Libertadores, na última rodada, ganhando um san-são aos 48 do segundo tempo... Mas o páreo vai ser duro entre São Paulo, Fluminense e Internacional pela (acho eu) última vaga... Na sul-americana pode até ir pra frente, mas tem um futuro complicadíssimo, com LDU, e depois Velez ou (provavelmente) Botafogo, time que o São Paulo ainda não venceu esse ano...

Luciano disse...

Fiquei mto feliz em ver o LEao no SPFW...... ele vai tirar o time da Vila Sonia de tudo que ainda houver esperança....e de quebra vai levar todo dinheiro que a Madonna e O Justin Bieber trouxe.......

FICA LEAO!!!! ATEH 2022!