quinta-feira, 12 de maio de 2011

Santos faz 1 a 0 no Once Caldas e põe a mão na vaga à semifinal

O Santos conseguiu importante vitória de 1 a 0 contra o Once Caldas, da Colômbia, nesta quarta-feira, 11 de maio, em Manizales, pelas quartas-de-final da Libertadores, com belo gol de Alan Patrick aos 43 minutos do primeiro tempo. Patrick, com a missão de substituir Paulo Henrique Ganso, ganhou confiança com o gol e foi um dos melhores jogadores do Peixe, embora PH seja de fato insubstituível nesse time.

O jogo terminou com Neymar tomando um pontapé no tornozelo e saindo carregado de campo. Os deuses do futebol esperam que não tenha sido uma contusão grave. No twitter, por volta da meia-noite, o Santos postou a seguinte informação: “Neymar sofreu pancada forte no tornozelo esquerdo, saiu chorando, mas não houve lesão, para tranquilidade da torcida... O craque já faz tratamento com gelo para estar 100% para a grande decisão do Paulista”.

Os melhores momentos do jogo:



O time de Muricy Ramalho fez um jogo inteligente, embora pudesse ter matado o confronto das quartas-de-final já no jogo de ida. Inteligente porque sofreu poucos riscos diante de uma equipe muito deficiente tecnicamente quando precisa atacar. Muricy fez tudo certo. Poupou os jogadores, cansados com a maratona, fazendo uma partida pragmática, pensando também na final contra o Corinthians. Apesar de Juca Kfouri ter profetizado que, desgastado, o Santos perderá o estadual e a Libertadores, acho que Juca vai errar em tudo.

Vendo Once Caldas 0 x 1 Santos, lembrei do jogo contra o Colo Colo na fase de grupos, quando, em Santiago, o Santos vencia por 1 a 0 no primeiro tempo e tomou uma virada em contra-ataques (!) para 3 a 1, em menos de 20 minutos. Com Muricy, não tem muito espetáculo, mas o time tomou 2 gols em 9 jogos. A diferença é astronômica. E é estranho, porque você vê o jogo sabendo que, após fazer um gol, o time não vai tomar outro em seguida, como era em 2010. O torcedor agradece.

Na vitória em Manizales, me parece que os melhores jogadores do Peixe em campo, fora Neymar (como sempre) e Alan Patrick, foram Danilo e Adriano. Elano fez uma das piores partidas desde que voltou da Europa. Exceto uma bola na trave no segundo tempo, em cobrança de falta, errou passes infantis, pouco apresentou em bola parada, não se apresentou em nenhum momento e, no segundo tempo, mal foi citado pelo narrador. Saiu no fim do jogo, quando deveria ter saído muito antes.

O único brasileiro na Libertadores tem uma mão na vaga à semifinal. Mas Libertadores é traiçoeira. E domingo tem final na Vila Belmiro. Acho que o Santos é favorito contra o Timão. Pressinto que Elano vai se redimir. Ele costuma fazer gols de título.

6 comentários:

Mauro Silva disse...

Caro Eduardo
As "profecias" desse seu colega estão de acordo com a postura dele de sempre a salivar quando se refere ao Santos F.C.
Mágoas de corintiano.
Só uma arbitragem encomendada (provavelmente do Selene com 99% de possibilidades de acontecer no "sorteio dos 3 amigos") pelo "coroné" e pela Globo tiram esse título do Peixe.
Qto. a vitória de ontem na Colombia, é uma pena que o jornalismo provinciano da cidade de São Paulo se limite (é limitado mesmo) a noticiar treinos e desclassificações das equipes locais, como se fosse possível ignorar o excelente futebol apresentado pelo Santos sob Murici.
Notícia de logo mais: segundo "fontes" importantes, Alan Patrick assinou com o corintians.
É tragicômico!
Os cães ladram, e a caravana passa.

Victor disse...

Nessas épocas de decisão sempre aparecem os que vão levar o time todo da Vila para o rival, vamos esperar, afinal antes de qq coisa futebol é uma caixinha de negócios..rs. Edu, o PH é excelente jogador, mas desde que voltou não tem sido o mesmo. A vida é feita de fases e vemos que as vezes mesmo com o chip do talento o jogador não faz o que fazia, portanto acho que o Alan mandou bem e ontem fez o que a gente precisava. Não podemos esquecer o bom futebol do Léo e do Jonathan no jogo de ontem. Também acho que o Elana vai surpreender positivamente na próxima partida. Neymar deu um Show ! O time jogo com uma postura muito boa em campo, não ouço ninguém falar que o técnico que chegou a pouco tempo tem que treinar e conhecer time para começar a dar frutos, é outro discurso pronto da crônica esportiva. Avante Santos !!

Edu Maretti disse...

Mauro Silva, se a tal notícia aparecer, eu posso até chutar uma fonte. Neto!, o homem da não-notícia. A imprensa esportiva (se é que se pode chamar isso de imprensa) vive de "notícia plantada", como disse o Tiago Leifert se referindo ao caso Ganso no Corinthians, numa palestra em que disse que Neto "não é nada".

Quem não viu, está aqui: http://www.youtube.com/watch?v=d1r5cDmtmLc&feature=fvst

E Victor, tb acho que Alan mandou bem e ontem fez o que a gente precisava. Como disse no post,foi um dos melhores em campo. Quando digo que PH é insubstituível é porque certas bolas que ele enfia, por exemplo, descobrindo espaços que só um craque vê, às vezes muda a história de um jogo. Na partida de ontem, em que o Once Caldas deu espaço, ele faria a festa. Mas concordo que ele não tem jogado tão bem, o que é natural, tendo vindo de uma contusão grave e com tantas especulações em torno do menino.

Abraços alvinegros

Felipe Cabañas da Silva disse...

Eu não dou mais atenção às profecias do Juca Kfouri. Um jornalista que sempre admirei, para mim uma grande (das poucas) cabeça do jornalismo esportivo, anda perdendo a lucidez para analisar a bola dentro das quatro linhas. Continua excelente, corajoso e mordaz para analisar a bola no tapetão, sendo uma das maiores pedras no sapato de Ricardo Teixeira.

Três dias depois dele falar que o Corinthians era "o mais fraco dos grandes de sp" o Palmeiras tomou de seis do Coritiba. Dez dias depois, o São Paulo tomou um sarrafo do Avaí em Florianópolis. Para mim o Santos vai ganhar o paulista. Sendo corintiano de nascença, tenho que ser realista e reconhecer que o adversário no momento é melhor. Quanto à libertadores, não sei. Mas é óbvio que é cada dia mais favorito. Para mim, hoje, o único time que ameaça o Santos é o Vélez.

Edu Maretti disse...

Olha, Felipe, como escrevi no post, o Santos é favorito na final. Mas vc sabe que o favoritismo em clássico muitas vezes acaba qdo a bola começa a rolar, ainda mais numa decisão.

Eu torço sobretudo para que o jogo seja leal e jogado, como o primeiro, sem apelações e erros de arbitragem. O juiz vai ser o Luis Flávio de Oliveira, irmão de Paulo César de Oliveira. Espero que não queira aparecer mais do que os astros do espetáculo.

Quanto à Libertadores, só dá pra dizer que TINHA favorito, depois do apito final do último jogo - hehe. Eu achava que o Libertad podia surpreender o Vélez, como comentei anteriormente, mas depois dos 3 a 0 na Bombonera, acho que já era e uma final deve ser Vélez x Peñarol (jogaço). Do outro lado, o Santos precisa ficar espero contra o Once caldas, mesmo na Vila.

Edu Maretti disse...

OBS: Alguns comentários deste post desapareceram com os problemas ocorridos entre 11 e 13 de maio. Informações em

http://fatosetc.blogspot.com/2011/05/nota-ao-leitor-internauta-sobre.html