quinta-feira, 28 de julho de 2011

Flamengo faz 5 a 4 sobre o Santos
na Vila Belmiro, em partida antológica

Santos 4 x 5 Flamengo, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro. Um dos jogos mais incríveis que vi nos últimos anos (veja os nove gols em link abaixo). O Santos fez 3 a 0 e levou o empate ainda no primeiro tempo, que acabou 3 a 3. Com Neymar dando show, fazendo gol de placa, servindo o camisa nove Borges, o santista se perguntou: como pode tomar tantos gols e pôr a perder o trabalho de um ataque fulminante como esse? (leia-se: Neymar).

Em 23 de maio, postei um texto no blog intitulado: “Começa o Brasileirão 2011. Com leve favoritismo de Flamengo e Santos”, que você pode ler aqui.

A vitória do Flamengo de Vanderlei Luxemburgo sobre o Santos de Muricy Ramalho, da maneira como foi, nessa partida antológica, um jogo espetacular, só confirma aquele post. Acho que o Flamengo hoje é favorito ao título.

Ganso e Elano, péssimos
Pelos lados do time da Vila Belmiro, campeão paulista e da Libertadores em 2011, as constatações mais óbvias são, além da atuação maravilhosa de Neymar, as lamentáveis performances de Elano e Paulo Henrique Ganso, com duas ressalvas: Elano deu grande passe para Borges fazer o primeiro gol, e Ganso outro para Neymar invadir a área e dar uma puxeta, para Borges fazer o segundo.

Fora os lances citados, ambos os meias fizeram péssimo jogo, com erros de passes intermináveis e infantis no crucial setor do meio campo. Foram deles os dois lances decisivos que deram a vitória ao Flamengo: Elano perdeu de maneira bisonha o pênalti que faria Santos 4 a 2 ao fim do primeiro tempo, que acabou 3 a 3; e Ganso perdeu infantilmente a bola que redundou no quinto gol do time carioca. Elano saiu merecidamente vaiado e Paulo Henrique deve estar com a cabeça no Paris Saint Germain.

Não deu para entender, no jogo, a avenida Léo pela lateral esquerda do Santos. Leonardo Moura, o melhor lateral direito do país, jogou à vontade pelo setor.

Muricy está numa situação difícil, porque tem de tirar do time, urgentemente, Paulo Henrique, porque não quer mais jogar no Santos, e Elano, por deficiência técnica. Muricy vai ter peito para isso?

E palmas a Ronaldinho Gaúcho. Fez um jogo animal. Fez a diferença . Fez três gols, sendo um deles (o quarto do Flamengo, de falta) um golaço. Foi um jogo de golaços e Neymar marcou um gol de placa.

Confira os gols:

4 comentários:

Glauco disse...

O meio de campo do Santos foi muito fraco ontem. Ibson, fazendo a marcação pela esquerda, foi muito mal também e não ajudou Léo na marcação do primeiro tempo. Sozinho, ficou difícil mesmo pro nosso lateral...

Não sei se o problema do Ganso é de estar com a cabeça em outro lugar, Edu. Na verdade, ele jogou o que vinha jogando na seleção, ou seja, muito pouco. O grande pecado foi ter propiciado o quinto gol, mas quero acreditar que é fase pós contusão mesmo e espero que ele recupere sua grande forma. No Santos, claro, rs.

Edu Maretti disse...

Glauco, confesso que acho um pouco difícil analisar os jogos taticamente vendo pela TV, por isso adoro ir ao estádio, pois você realmente enxerga o jogo. De qualquer maneira, a opção de Muricy ontem foi jogar ofensivamente. Não lembro agora em que site li de manhã que Muricy liberou Ibson para ir à frente, o que, acho eu, teria sobrecarregado Arouca e deixado espaços atrás, lembrando a era Dorival Jr.

Sou fã de Elano, sempre fui. É um grande campeão alvinegro (fez dois gols de títulos, em 2002 e 2004). Nunca eu iria no estádio vaiá-lo, mas um cara com tanta experiência e conquistas tem que ser humilde e entender que vaias fazem parte de uma arquibancada, e não ficar ameaçando ir embora, como fez ontem. Impressionante a torcida, o time ganhou a Libertadores há pouco mais de um mês e ela já vaia! Acho que Elano deveria parar de bater faltas e pênaltis, pelo menos no momento.

Já quanto ao Ganso, sinceramente, acho que ele está com a cabeça na Europa.

abraço

Felipe Cabañas da Silva disse...

Eu acho um despropósito também vaiar um time ou jogador que ganhou uma Libertadores há cinco semanas. Tem nuances que é necessário compreender. O Santos perdeu vários jogadores, as estrelas do time acabaram de voltar de um fiasco na Copa América, o time está levemente desentrosado, etc. São atenuantes para a situação do Santos, que está em 16º, numa situação muito ruim, mas é completamente improvável que o tricampeão continental não saia daí. Portanto, vaiar pra quê?

Mas o Elano hein, que pênalti bisonho. Acho que ele queria se redimir da Copa América de uma forma magistral e terminou errando de uma forma magistral...rsrs... Acho que o Loco Abreu podia dar aula de cavadinha pro Elano...kkkkkk...

Victor disse...

Muitos dizem que foi "fair play" do Elano porque não foi pênalti...rs Fora isso concordo com o que foi falado por vcs. O Ganso faz tempo que está enganando ou não jogando. No quinto gol que ele perdeu a bola no meio do campo, nem foi para o combate tentar recuperar a bola. E quer ganhar o mesmo salário que o Neymar?
O Neymar foi um lutador, vinha buscar a bola e fazer suas jogadas maravilhosas. O Borges no segundo tempo sumiu.
Dá próxima vez que tiver uma falta assim, coloca uns jogadores atrás da barreira para não pular...rs