quinta-feira, 23 de junho de 2011

Glorioso alvinegro praiano de Ganso e Neymar é tricampeão da Libertadores

Venho aqui acabado de chegar do estádio do Pacaembu, onde o Alvinegro da Vila Belmiro sagrou-se nesta noite mágica de 22 de junho tricampeão da Libertadores, 48 anos depois do bicampeonato de 1963. O simbolismo desse título é imenso e ele finalmente põe fim à historinha tola intitulada "viúvas de Pelé".

O título veio com dois golaços de duas revelações da fantástica fábrica de craques chamada Santos Futebol Clube. No primeiro, com jogada que saiu de um toque de letra do enciclopédico Paulo Henrique Ganso para Arouca, que fez um lance antológico e passou para Neymar arrematar como sabe, de primeira, seco, no canto do goleiro Sosa. Gol digno de um time e de uma geração que mereciam terminar a saga com a taça da América.

No segundo, numa arrancada inesperada e fulminante do lateral direito Danilo, que os deuses do futebol quiseram colocar, nesta decisão, na sua posição de origem, a lateral direita.

E assim chega ao fim uma das mais belas páginas da história do futebol brasileiro, e do Santos Futebol Clube. Página de uma história que continuará sempre.

Voltarei a falar mais dessa Libertadores. Por ora, sem voz de berrar nas arquibancadas, esgotado física e emocionalmente, vou me retirando, tomar um chá de camomila para ver se amanhã minha voz volta.

Melhores momentos do jogo:



Ficha técnica
Santos 2 x 1 Peñarol

Gols
Neymar, a 1min, Danilo, aos 22min do segundo tempo; Durval (contra), aos 34min do segundo tempo.

Santos: Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval e Léo (Alex Sandro); Adriano e Arouca; Elano e Paulo Henrique Ganso (Pará); Zé Eduardo e Neymar
Treinador: Muricy Ramalho

Peñarol: Sosa; Alejandro González (Albín) (Estoyanoff), Valdez, Guillermo Rodríguez e Darío Rodríguez; Corujo, Freitas, Aguiar e Mier (Urretaviscaya); Martinuccio e Olivera
Treinador: Diego Aguirre

Árbitro: Sergio Pezzotta (Argentina)
Público pagante e renda: 37984 pagantes / R$ 4.266.670,00

Ouça os gols do Santos na narração de Oscar Ulisses:



Time recebe as medalhas de campeão:

10 comentários:

V_ Leal disse...

Saudações corinthianas, pois às vezes é bom se render e ficar alegre, no caso, pelo Muricy e Paulo Henrique - O mágico.

Mayra disse...

Que legal, Edu! Lindo e emocionado o seu texto de louvação à merecida vitória.Vitória do futebol bonito, alegre, jovem, brasileiríssimo! Parabéns mesmo! Só espero que a nação corinthiana possa um dia ter a mesma alegria de vocês agora!!

Victor disse...

Maravilha !!! Somos tri !! Todo time foi maravilhoso, mas Arouca, Danilo, que junto com Rafael foram os únicos que jogaram todas as 14 partidas da Libertadores, Ganso e esse tal de Neymar que faz e fez a diferença, Léo que jogou com infiltração no tornozelo. O Muricy merece muito, ele foi fundamental nas conquistas do Paulista e agora da Libertadores. O presidente Álvaro que tem acertado em suas decisões. Viva o Santos e a grande nação santista que pintou o Pacaembu de branco #marbranco. Que venha o Barcelona, queremos o mundial !!!!!!!!!!!!!!

Glauco disse...

Que noite feliz... No Santos é futebol, meu filho! É tri!!!

Paulo M disse...

Parabéns aos santistas, merecido o título conquistado sob a liderança de Neymar e Ganso (este último jogou pouco tempo mas decisivamente, ontem). Ao Peñarol ficaria a honra de ser um grande derrotado, de cabeça erguida, se tivesse reconhecido humildemente que não jogou foi nada. Preferiu partir pra porrada e sair de campo com a marca da truculência e da impotência dentro de campo.

Felipe Cabañas da Silva disse...

Justo, belo e merecido. Parabéns ao Santos Futebol Clube. Saudações alvinegras.

E, Mayra, não vejo nenhum motivo pelo qual o Corinthians não possa conquistar a mesma glória várias vezes. Já chegamos perto, e no momento certo ela virá.

carmem disse...

Não me canso de repetir: é um orgulho que nem todos podem ter!
Saudações a toda nação alvinegra!

alexandre disse...

Não resta dizer mais nada que não seja a reverência ao futebol. Esse time do Santos que jogou ontem é, com Paulo Hemrique e Neymar, o melhor time da américa atualmente. Parabéns ao Santos.

SandroSFC disse...

Opa amigo,saudações alvinegras! :)
Estou sem voz também,ontem foi demais! hahaha
Esse nosso Santos só nos dá alegria!

Avante Santos,rumo a Tóquio,rumo ao Tri Mundial! :D

Roberto disse...

Parabéns prá toda a Nação Santista! Ganharam o jogo, ganharam o título e, prá felicidade geral, O ZÉ EDUARDO NÃO JOGA MAIS NO SANTOS!!!!!! Cara, é tudo de bom!!! Parabéns prá todo o cardume (e pros simpatizantes do bom futebol tb)!