sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

É Santos x Corinthians, presidente,
e não Cirque du Soleil

Ricardo Saibun/Divulgação S.F.C.
Amigos meus santistas me ligaram e mandaram até mensagem via celular protestando contra o extorsivo preço dos ingressos para o clássico Santos x Corinthians neste domingo. "Cara, tá 80 paus o jogo com o Corinthians?! Os caras tão sem juízo... tão estragando", me disse um deles por torpedo.

Num boteco, ouvi um rapaz que não conheço, tão revoltado, que disse para os companheiros de mesa: "as [torcidas] organizadas deveriam fazer alguma coisa, protestar, bloquear a entrada..." Eu não apoiaria nenhum ato desse tipo, mas protestos pacíficos, sim.

Uma amiga minha me perguntou se Santos x Palmeiras, dia 14, na Vila, também será "esse roubo". Não sei. Cabe ao clube responder. Diz essa torcedora que nunca foi à Vila Belmiro, que sonha conhecer, mas não tem condições de pagar esse preço digno de Cirque du Soleil.

Sim, porque o presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro saiu-se com essa, esses dias, em entrevista à Rádio Bandeirantes: “Quando o espetáculo traz artistas de primeira grandeza é justo que o preço seja diferenciado. É por isso que o Cirque du Soleil têm ingressos com preços diferentes dos de um circo de periferia”. Ora, presidente, só banqueiros e capitalistas não enchem um estádio, e estádios sem povo são frios. Esse pensamento punitivo não é justo. E a frase é muito infeliz, porque claramente explicita preconceito contra as periferias.

Agora, o presidente santista parece temer que a Vila Belmiro fique vazia. “Se atingirmos 50% da capacidade da Vila já estaremos no lucro". Lucro financeiro? Mas como fica o torcedor comum, aquele que junta o dinheiro pra poder ver seu time? Ele fica com o osso? Agora que dá gosto ver a equipe jogar, só entra endinheirado?

Em tempo, os preços para Santos x Corinthians: cadeiras de fundo passaram de R$ 40 para R$ 160 (meia a R$ 80); arquibancada, subiu de R$ 30 para R$ 80 (R$ 40 a meia), isso só para falar dos preços normalmente mais "populares".

Quem quiser ler sobre o jogo Santos x Corinthians propriamente dito, é só clicar e ler a matéria Com Neymar e Ganso, Santos espera Corinthians na Vila.

Vou tomar uma cerveja, para esquecer o preço dos ingressos.

7 comentários:

Fernando Augusto disse...

Absurdo realmente. E eu não esperava isso desse novo presidente do Santos, já que me parece bem inteligente.

Espero não me decepcionar com ele como aconteceu com o Beluzzo no Palmeiras.

Glauco disse...

Virou rotina nos grandes clubes de São Paulo majorar ingressos para conseguir recursos com jogos importantes, vide o Corinthians na quarta-feira. Mas o presidente santista exagerou e a justificativa é grotesca. Como diz o Torero, parece que viramos trouxedores mesmo...

Felipe Cabañas disse...

meu... é foda... quando o negócio entra na regra capitalista da oferta e da procura o torcedor se lasca... quando o produto é pouco é uma estratégia boa capitalisticamente falando aumentar os preços... no caso de corinthians e santos os estádios usados são menores que os respectivos clubes e suas torcidas... o clube realmente aumenta a renda aumentando o preço do ingresso... não seria o caso num estádio do tamanho do maraca ou do morumbixa sacou? pelo contrário, aumentar o ingresso seria uma estratégia capitalista muito arriscada... o que está acontecendo com o santos e com o corinthians com esse lance de ingresso não me espanta... já que o futebol entrou no século XXI como mercadoria, é isso que temos de aguentar... abraços!

Silvia disse...

Penso que o futebol é "sempre" uma arte popular e a torcida é parte integrante e fundamental do espetáculo. Os preços dos ingressos nas alturas retiram a torcida do estádio. Achar isto normal só porque todos os outros times fazem é hipocrisia. A gente merece mais.

Luciano disse...

cara.... estão tentando tirar o povão dos estádios. a estratégia é a mesma adotada na Inglaterra... tiraram os hooligans começando pelos ingressos.

Acho errado... mas se isso acabar com as mortes no futebol eu apoio

Provos Brasil disse...

Porque será que eles não tiram mais grana da Globo?

Ou quem sabe agora vão tirar uma grana do BB para ajudar esses corruptos do futebol!

O governo lula neste aspecto só pisa na bola!

Provos Brasil

Gabriel Megracko disse...

Bom, parece que o mundo precisa de violência pra "cair a ficha", o que é uma constatação lamentável, mas parece ser regra na história dos homens. Mas, apesar de eu ser radicalmente contra e incapaz de cometer qualquer ato de violência, até mesmo contra um camundongo, a força da grana provoca revoltas muito justas, porque enquanto os caras da bufunfa não sentem medo, acham que dá pra "arriscar mais um pouquinho", e quando sentem medo, chamam "o segurança", aí vira "guerra". Enfim, eis o que deve acontecer: a torcida se revolta, eles esperam a poeira baixar e depois os torcedores da massa desistem de ir ao estádio. Aí, mandarei o futebol às favas e simplesmente cessarei de pensar nisso.
Sou absolutamente a favor de bloquear a compra de ingressos, sem violência, para que a retaliação violenta seja recriminada. Atos de protesto são absolutamente legítimos, atos de violência, seja por parte da polícia ou dos civis, não. Bloquear a entrada do estádio é bobagem, porque vai gerar violência e, pior, a renda já vai estar arrecadada.