quinta-feira, 29 de abril de 2010

Na superquarta, brilham Santos e Atlético/MG, Diego Tardelli, Ganso, Flamengo e Internazionale

A chamada superquarta, 28 de abril, foi de fato magnífica no Mineirão, onde o Atlético/MG ganhou do Santos por 3 a 2 numa partida espetacular. Como escreveu o atleticano Frédi no Futepoca, "Da proxima vez, só com cardiologista do lado".

Dadá Maravilha, o mito, acertou: ontem ele disse que o placar seria esse, na lata, e emendou meio (ou muito) lamentavelmente: “o ataque do Santos só dá pra parar com um revólver” (sic). Com o resultado, uma vitória simples leva o Peixe à semifinal da Copa do Brasil, a não ser que os mineiros percam por um gol fazendo três ou mais.

Veja os gols desse grande jogo, antes (ou depois...) de continuar a leitura:



Com a infernal torcida empurrando seu time, o mandante fez 1 a 0 aos 2 minutos de jogo, e 2 a 0 aos 40, com Tardelli em duas falhas da defesa santista. Mas o time de Vanderlei Luxemburgo levou o gol que não poderia tomar aos 44 (sinceramente, Robinho lembrou Pelé nesse gol).

O primeiro tempo transcorreu em ritmo alucinante. Sem Neymar, o Santos dependeu de Ganso, muito marcado, e Robinho, com ótima atuação, concentrado e com raça, ameaçador o tempo todo. Pará, pela lateral esquerda, fez um jogo primoroso, aguerrido na defesa e eficiente no apoio. Não fez um golaço por cobertura quando estava 1 a 0 por falta de sorte.

Com o trio de frente Muriqui, Fabiano e Diego Tardelli, que marcou os três gols de seu time e mostrou que, no lugar do gordo Adriano, poderia ser ótima solução para Dunga na África do Sul, o Galo foi temível. Mas o Santos foi o Santos durante todo o tempo, apesar da defesa. Foi pau a pau, e o time da Vila Belmiro, na minha opinião, jogou melhor no primeiro tempo. Aranha fez grandes defesas. Felipe também.

No segundo tempo, a equipe paulista começou melhor, e, num erro de saída de bola, o Atlético quase tomou o empate, mas fez 3 a 1 logo aos 7min. Deu a impressão que faria o quarto, mas não fez.

Mesmo muito marcado, Paulo Henrique Ganso, coitado, foi criticado aqui em casa pelo casal santista, porque, mesmo quando tinha a bola, não se saía bem. Mas decidiu talvez a sorte do confronto, porque é craque. Numa jogada espetacular, Zé Eduardo deixou para ele, o Ganso, que, como no primeiro gol contra o Santo André, cruzou para o ex-cruzeirense Edu Dracena (que ironia) fazer o segundo gol do Santos.

No final do jogo, o time das Minas Gerais visivelmente implorava aos deuses para que o jogo acabasse, tocava a bola de lado a lado, e Luxemburgo sentou-se abatido no banco de reservas, porque sabia que poderia tomar o terceiro a qualquer momento. E porque sabia que 3 a 2, se der a lógica na Vila, é pouco. Mas Galo não é peru, então eu fico por aqui.

Maracanã
Quando o Flamengo fez o gol da vitória de 1 a 0 sobre o Corinthians, espoucaram rojões e soaram gritos das janelas do condomínio. Crente que era gol do Timão, dei uma olhada na Globo, e era gol do Imperador. De pênalti, indiscutível, cometido infantilmente por Moacir, que chegou atrasado e derrubou Juan.

O resultado é bastante preocupante para o time de Mano Menezes. No Pacaembu, tem que ganhar por 2 a 0. Se tomar um gol do muito bom time do Flamengo (crise à parte), tem de fazer 3 a 1, pois 2 a 1 a favor do alvinegro enterra o sonho da Libertadores. Com 1 a 0, pênaltis.

Assista ao gol de Adriano:



Camp Nou
E, terminando pelo início, no Camp Nou, o Barcelona fez um jogo sem brilho e parou na marcação da Inter de Milão (que Galvão Bueno e tantos outros insistem em chamar de o Inter). Desculpem ser chato, mas bem feito. Messi agora pode treinar bastante para ver se joga alguma coisa pela seleção argentina, o que nunca fez. Internazionale e Bayern Munique farão a final da Copa dos Campeões, com toda justiça.

Toda unanimidade é burra, dizia Nelson Rodrigues. E a unanimidade em torno do time catalão já estava enchendo o saco. E a inter mereceu.

Pena que não foi feriado hoje. Só vi de fato os 90 minutos do grande jogo do Mineirão.

6 comentários:

fredi disse...

Só não concordo que o Santos foi melhor no primeiro tempo.

De resto, foi um jogaço.

Paulo M disse...

Ontem, para um palmeirense, era dia de alternar os canais. Mas não para ver futebol em um e polo aquático no outro. O jogo no Rio deveria ter sido remarcado antes de começar. Fiquei no Mineirão e valeu a pena. Jogo bastante parelho o tempo todo. O Atlético pecou no preparo físico. Sofreu pra correr nos últimos 20 minutos. Os 3 a 2 não foram suficientes pro Galo, deve dar Santos na semi, talvez com certo sofrimento. Na Libertadores, entendo que o Timão está um pouco complicado, mas ainda está em aberto. Pro jogo de volta, aposto em 2 a 1 pro Corinthians, e a Urubuzada segue adiante.

Felipe Cabañas disse...

o jogo do campo nou foi um dos jogos mais chatos que já vi na minha vida... e não concordo que a inter mereceu... no primeiro jogo, um de seus três gols foi em impedimento... depois que fez 3 a 1 desistiu de jogar futebol e botou 11 jogadores dentro de sua grande área... a posse de bola chegou ao absurdo de 75% Barcelona /25% Inter... Embora eu também não veja o barcelona como esse super time que a imprensa pintou, não acho que a Inter de Milão seja muito melhor ou tenha apresentado melhor futebol na competição ou na semi final... venceu porque venceu... soube utilizar as circunstâncias do jogo a seu favor e jogar com o regulamento debaixo do braço... Com 11 homens dentro da área e um esquema de marcação de três pra um nem Messi, nem Maradona, nem Pelé, nem Deus vão apresentar um grande futebol...

Quanto ao Maracanã, senti o time do corinthians um tanto nervoso, nervosismo que fica claro no penalti cometido por Moacir... A ansiedade de resolver logo a jogada em vez de fazer uma marcação mais inteligente é que geralmente gera esses pênaltis bestas... Além do mais as condições muito adversas do campo no primeiro tempo bagunçaram o esquema tático, porque o corinthians é um time de toque de bola...
Mas confio na virada porque é uma outra característica do time comandado por Mano Menezes desde a série B... reage muito bem ao placar adverso e tende a crescer nos momentos de dificuldade... xau xau.

Edu Maretti disse...

Não sei se faltou preparo físico pro Galo no fim ou se o cansaço seja decorrente de eles terem corrido mais do que o normal, fazendo uma marcação implacável e eficiente (e, ressalte-se, muito leal) a um time jovem que tem muito gás, corre e obriga a correr.

Quanto ao jogo do campo nou, eu não vi bem, a TV ficou ligada na redação e deu pra ver malemá... Mas digo que a Inter mereceu porque foi eficiente, gostemos ou não do futebol do time. Anulou o grande Barça (e não estou sendo irônico). Não é qualquer um que consegue.

PS: republiquei este comentário apenas para dizer que, se a Inter teve um gol impedido validado no primeiro jogo, o gol do Barcelona de ontem tb estava off side. Não acho que a arbitragem interferiu no resultado.

saudações

Gabriel Megracko disse...

Acho que dá Mengo, que tem um bom time. O time do Corinthians também é bom, mas acho que está afobado demais para resolver seus problemas em campo e que Ronaldo está começando a pesar para o elenco. Tudo pode ser diferente; Ronaldo pode relampejar e pode dar Curintia, mas não creio.

Na Vila, o Atlético vai ter que jogar o dobro pra passar, mas acho que o Luxa não vai conseguir fazer o mesmo espelho que fez ontem. O Atlético jogou como o Santos costuma jogar e é isso o que se deve fazer com o Santos, de fato. Muito inteligente da parte do Luxemburgo. A diferença é que o Santos joga assim porque o time pede, por origem, sem forçar. Se tivesse sido 1x0, seria mais complicado.

Felipe Cabañas disse...

Edu... se o barcelona leva um placar de 2x1 para o camp nou o jogo teria sido outro... a inter teria que sair mais para o jogo e deixaria sua retaguarda mais exposta... o Messi poderia mostrar mais futebol... enfim, um gol impedido na minha opinião muda muita coisa... gol legítimo anulado e gol ilegítimo validado mudam a história do futebol... se o árbitro tivesse anulado o gol de mão de maradona contra a inglaterra em 1986 a argentina teria passado às semifinais e depois se consagraria campeã do mundo??? aliás, como seria a sua vida hoje se você tivesse casado com aquela garota que você beijou no terceiro colegial?? detalhes, meu velho, sempre os detalhes... são os grandes acontecimentos que fazem a história?? mas os grandes acontecimentos estão cheios de detalhes... hehehe

bom, não vou mais falar nada sobre corinthians x flamengo porque tem muita gente secando aqui nessa página de recados... adiós