sexta-feira, 19 de abril de 2013

Pensamento para sexta-feira [42] – Abril é o mais cruel dos meses



Foto: Carmem Machado


April is the cruellest month. Este é o primeiro verso do epifânico The waste land (“A terra devastada” – em tradução livre), de T. S. Eliot.

“Abril é o mais cruel dos meses.”

Impressionante como algumas sentenças adquirem aura de verdade pela força de um verso, quando o autor é um grande poeta. Mas Eliot não é mais importante do que o mês de abril. Como uma antena, ele apenas captou alguma coisa. Como poeta, conseguiu registrar.

Abril é sempre pra mim um mês estranho e marcante, com seu céu azul e o sol, e a melancolia do outono. Às vezes cruel, como diria Eliot. Por exemplo: num dia 4 de abril (acho que de 1996), um gato que tínhamos chamado Siruiz (um lindo e selvagem gato preto de olhos verdes) foi atropelado na rua Diana, em Perdizes, e morreu no dia 5. Siruiz é o nome de um personagem de Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa.

Meu pai, o seu Oswaldo, de 83 anos, foi atropelado no último dia 5 de abril (uma sexta-feira) de 2013, há duas semanas, na avenida João Pedro Cardoso, Jardim Aeroporto, zona sul de São Paulo, por uma moto. Ficou internado três dias num hospital municipal, pra onde foi levado numa ambulância do Samu. Por milagre, não quebrou nenhum osso do corpo. Apesar dos hematomas, escoriações, cortes e tudo o mais, está em sua casa desde a segunda-feira 8, se recuperando com galhardia. Até já estende suas roupas no varal. É um exemplo impressionante de amor à vida.

Abril também tem coisas bonitas. Na minha biografia, duas, que coincidentemente acontecem no mesmo dia 14: é o dia do aniversário de nossa querida sobrinha e afilhada Iara Terra Holtz, que mora na linda Florianópolis e completou 16 aninhos no último domingo; 14 de abril é também a data de fundação do Santos Futebol Clube, que, como os que frequentam este blog sabem, é o time do coração do blogueiro.

E tem também o dia 23 de abril, que é dia de São Jorge.

5 comentários:

Daniel Razon disse...

então Edu, no mês do guerreiro da um abraço da minha parte nesse guerreiro que é teu pai, com meus desejos de rápida melhora.
Sobre seu post, achei bem abril mesmo, outonal, meio melancólico.....você anda melancólico?....deve ser sim, devido ao teu amado Santos que, também anda meio melancólico apesar do "primaveril" Neymar.
Já meu Gremio como sempre, conseguindo as coisas ao melhor estilo "alma castelhana"....sera que vem ai "a guerra do Talcahuano"....hehehehe....o imortal é isso ai, não morre mesmo, só morrem seus torcedores....infartados!!!!
abraço

Edu Maretti disse...

hahaha
Eu nem posso falar de Libertadores, meu time anda melancólico mesmo desde o ano passado.

Pra mim o outono sempre foi meio melancólico. É claro, nuvens em movimento, mas melancólico...

Valeu!

Marcio disse...

Abril

É, é mês de gatos e gatas,
é mês de vida tragédia e morte.
É mesmo um mês melancoutonico,
Abril é realmente marcante.

hehehe
poesias de chapado.

Alexandre disse...

Com respeito a abril, mês do cavaleiro Jorge, superando as dificuldades e vencendo as barreiras.
A foto da Carmem retrata muito bem o clima de outono. Linda foto.

Fernando Augusto disse...

Melhoras a seu velho....