segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Santos continua sem futebol e sem alma, Timão segue bem, Verdão deve subir, Tricolor tem Ganso


Vendo Atlético-MG 0 x 0 Grêmio, fiquei pensando em como tem sido desastroso o segundo mandato do presidente do Santos, Luis Álvaro Ribeiro, o Laor. Depois de uma novela enfadonha e mal gerenciada, PH Ganso é do São Paulo. Enquanto isso, Elano – que sob Vanderlei Luxemburgo volta a jogar bem – e Zé Roberto formam um meio de campo muito competitivo no Tricolor gaúcho. E o meio de campo do Santos não existe.
Ricardo Saibun - Divulgação Santos FC
Para ele, todo mundo é burro
Elano foi despachado porque não tinha mais ambiente num time em que ele (versátil e talentoso) se resumia a defender e cobrir a lateral direita (escrevi sobre isso aqui, no início do ano), no estilo tosco de Muricy Ramalho, que no sábado, após a lavada que seu time tomou da Lusa (3 a 1 no Pacaembu), discutiu com um repórter que insinuou que a equipe não faz treino tático. Será que faz? Dizem que não. Mas todo mundo é burro e ignorante para ele. Muricy, que não assume responsabilidade e vive montado na arrogância, tem carta branca do apático presidente. O treinador está desmontando o time do Santos. Tirando Neymar, ninguém joga bem no time de Muricy.

E, ao que parece, o “professor” vai ser um longo castigo para a torcida santista. Laor se acomodou com os títulos conquistados e parece satisfeito em pagar uma fortuna para a fraude chamada Muricy Ramalho. Quem vê os jogos do Santos sabe que o time não tem padrão tático, não tem gana, não tem nada. Sem Neymar, não existe.

Zé Roberto poderia ter vindo, mas o Santos de Laor preferiu deixá-lo ao Grêmio, que disputa o título, enquanto o time praiano, jogando há muito tempo um futebol de dar dó, dorme sobre os louros da vitória do único título do ano do centenário, o Campeonato Paulista. Para um time caro como o do Santos hoje, é muito pobre a campanha de 2012. Pobre e vergonhosa.

Botafogo 2 x 2 Corinthians foi um bom jogo. O Corinthians continua na sua toada, jogando bem mesmo sem precisar fazer nada no Brasileiro (ao contrário do Santos) e mostrando não apenas que não ganhou o Brasileiro e a Libertadores por acaso como tem boas condições de vencer o Mundial em dezembro. Mas o juizinho Sandro Meira Ricci operou o Botafogo neste domingo.

O São Paulo luta pelo G-4. Se Ganso estiver bem, deve crescer e pode roubar a vaga do Vasco.
Reprodução
Kleina deixou a Ponte. Salva o Verdão?/
E o Palmeiras, que voltou a ter alma após a saída de Felipão e a entrada de Gilson Kleina, ameaça ressuscitar. Tenho a sensação de que conseguirá escapar da degola. Para isso, tem que contar com mais tropeços do Coritiba, que parece ser o único time o qual o Verdão ainda pode ultrapassar. O Coxa, que vem capengando, está apenas 5 pontos à frente.

7 comentários:

Felipe Cabañas da Silva disse...

A arbitragem do Sandro Meira Ricci foi sofrível. Mas no lance do pênalti, o erro foi do assistente, que não viu o impedimento escandaloso do Martínez antes do pênalti. Ontem o Corinthians terminou saindo como beneficiado, mas também já foi "operado" nesse campeonato por um bandeirinha estrábico, num certo clássico alvinegro...hehehe...

Agora eu entendo, Edu, por que no ano passado você dizia que o Brasileirão estava um tédio. É, realmente, assistir esse campeonato com aspirações franciscanas esperando o Mundial Interclubes é uma delícia de confortável, mas é entediante (sorte que tem o Palmeiras pra dar alguma emoção - hehe). Mas o campeonato deve estar muito interessante para atleticanos e tricolores (cariocas) - para mim o título vai para um dos dois (acho que para o Flu).

Sobre o São Paulo, eu acho que Paulo Henrique Judas (rs) pode se revelar um tremendo de um mau negócio. O negócio do Ganso é jogar na Europa, e virar PROPRIETÁRIO da camisa 10 da selecinha (ambicioso, o rapaz). Não vejo o Ganso vestindo a camisa do São Paulo com a "gana toda", e acho que na primeira oportunidade de ir para a Europa, mesmo que para algum time obscuro do leste, um Metalist da vida, acho que ele pula fora. Além do mais, se repetir a rotina de lesões dos últimos dois anos, acho que o São Paulo acaba de adquirir um belo desfalque.

Paulo M disse...

Se o Palmeiras ganhar da Ponte (em casa), fica na briga. Se perder ou empatar, babau, depois tem São Paulo, Náutico e Inter (fora) ou coisa assim. Agora, pra quem tanto reclamou da arrogância santista e são-paulina, se fazendo de coitadinho, até que aprendeu, depois de séculos, a vestir gravatinha borboleta pra esnobar e ir pro Japão tentar ser campeão do mundo de verdade. Aí, se ganhar, não vai mais precisar quebrar o galho com título mundial pra convidados. O Corinthians já pegou barbada antes da final supostamente com o Chelsea. E se for essa a final, os ingleses vão chega mais fortes.

Alexandre disse...

Só que para ir para clube europeu, tem que estar em boas condições físicas e técnicas e certamente o São paulo não contratou o PHG pra nada. O dep médico do São Paulo é de primero mundo, muito eficiente e o rapaz estará em forma muito em breve e vai jogar seu fut de alto nível, vcs vão ver. O São Paulo não pensa só em negociatas. Posso queimar a lingua, mas acho que esse garoto vai dar muita bola no São Paulo. Já tá até com cara de bambi. Parece que sempre foi bambi!!.
O Santos parece estar em fase de pós títulos, enfraquecido, sem vontade e sem muitas perspectivas a curto prazo. Vai ficar nessa ladainha até formar uma próxima estrutura para concorrer a novos títulos, que com esse time aí, só Neymar. Talvez seja um processo de hibernação santista. O Muricy já cumpriu sua tarefa no Santos, deve cair fora pra dar lugar a um novo técnico e começar do zero. "E, ao que parece, o “professor” vai ser um longo castigo para a torcida santista. Laor se acomodou com os títulos conquistados e parece satisfeito em pagar uma fortuna para a fraude chamada Muricy Ramalho." É por aí.
O meu Verdão tá com um pé na segunda, acho dfícil reverter esse quadro, somando todas a energias possíveis. mas ainda dá. Já conto com Kleina desde já para reestruturar a equipe numa espécie de pré-segunda divisa.
Felipão foi tarde demais. Que não volte nunca mais. "Ô Felipão, preste atenção, olha aí o que cê fêz com meu Verdão"...Felipão e toda a corja do Palmeiras.
O Curinthia joga com a política, de olho no mundial, já era o que se esperava. Pra um time sofredor, chegaram as férias para o sofrimento dos gambazinhos. Tá bom demais. Vamos ver até onde vai esse romance. Mas atualmente é uma equipe forte, uma das melhores do Brasil, junto com Atlético Mg e Fluminense.
São Paulo sai de um longo inverno afins de alguma coisa, enfim. Mais forte pra o ano que vem.
abraços

Gabriel Megracko disse...

É, o Alexandre resumiu tudo. O post deixa clara a situação do Santos. Estou com um pouco de repugnância do estado a que chegou o Santos com o Neymar no time. Acho um desrespeito! Sinto vergonha alheia de ver o craque fazendo miséria sozinho. O Muricy parece um intruso cujo objetivo é atrapalhar. Se não é, parece, se parece, está sendo... enfim, é. É tudo muito sujo e tá cada dia pior. São muitos interesses muito pouco românticos... vide Palmeiras... dá gastura.
"Vai ficar nessa ladainha até formar uma próxima estrutura para concorrer a novos títulos, que com esse time aí, só Neymar. Talvez seja um processo de hibernação santista. O Muricy já cumpriu sua tarefa no Santos, deve cair fora pra dar lugar a um novo técnico e começar do zero. 'E, ao que parece, o 'professor' vai ser um longo castigo para a torcida santista. Laor se acomodou com os títulos conquistados e parece satisfeito em pagar uma fortuna para a fraude chamada Muricy Ramalho.'"
É isso mesmo. Eu gostaria de saber o que o Laor acha deste trecho entre aspas. O cara teve um dos melhores times do mundo em 2010 e consegue chegar à beira do rebaixamento dois anos depois. Só sinto dó e asco. É um "coitado sem vergonha". Qualquer time com Neymar que não dispute um título é incompetência do presidente que não consegue sequer dizer para o técnico que ele está errado. Frouxo? Negligente? Mercenário? Alguma coisa dessas...

Também acho que o Cisne vai jogar muito no Bambaulo, "já tá até com cara de bambi", impressionante, parece que ele tirou a camisa do Santos e já tava com "a outra" por baixo, aí "todo mundo entendeu o óbvio". Até o sorriso dele saiu melhor na foto... é a vaidade...

Edu Maretti disse...

Bom, eu ia comentar, mas acho que Gabriel e Alexandre mandaram bem demais, e fico por aqui.

Acho que o Parmera não cai. Vai deixar o Coritiba pra trás.

Arrivederci, bambini.

Felipe Cabañas da Silva disse...

Ma parmerense jogar na cara dos outros "mundial quebra-galho" é piada... hahaha... Nem vou retomar aqui toda a discussão sobre a palhaçada que eram os mundiais interclubes até essa nova estrutura, que começa sim com o nosso título em 2000 - e convidado até hoje tem no mundial, e é justamente o campeão nacional do país sede, que era o Corinthians naquela oportunidade. Queiram ou não queiram, se ganharmos o mundial no fim do ano, seremos bicampeões. Mas eu já me conformei, e sei que nenhum anti frustrado vai jamais reconhecer o mundial de 2000. Paciência, a FIFA reconhece. Sabe FIFA?

Paulo M disse...

Felipe, a FIFA não manda no que eu penso. Deixa pra lá...