segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Com chuva, a São Paulo progressista comemora a vitória de Fernando Haddad, do PT


Foto: Carmem Machado (clique para ampliar)
Avenida Paulista, 28 de outubro de 2012

Esse flagrante é de uma menina de cerca de seis anos dançando ao ritmo de um samba (tocaram vários ótimos na festa da vitória de Fernando Haddad na avenida Paulista), acompanhada da mãe, debaixo de uma chuva incessante que começara enquanto o prefeito eleito fazia o discurso da vitória em cima do carro de som, uma hora antes.

Essa imagem para mim é a imagem desse domingo 28 de outubro, dia de São Judas Tadeu, santo de devoção de minha mãe, Leila, que partiu deste mundo já faz 13 anos, mas certamente teria ficado muito feliz com a eleição de Haddad.

José Serra, como sempre, foi um temível adversário, e só os grandes oponentes vale a pena vencer, o que vale para o futebol, para o xadrez e para a política. Mas Haddad vence sendo elegante e mostrando que se pode fazer política em alto nível. No final dos agradecimentos no discurso da vitória, ele uniu a elegância à ironia, ao dizer: "Agradeço aos meus oponentes, porque me obrigaram nessa campanha a extrair o melhor de mim para poder superá-los numa campanha limpa e democrática".

Mas agora vamos olhar para a frente, minha gente. Como disse o próprio Haddad no discurso da vitória: “Nós fizemos um bom embate; um embate dos guerreiros que querem mudar a cidade; o embate das pessoas que militam pelo Brasil, pelo estado e pela cidade”. Vamos, pois, mudar a cidade!

E como disse Haddad também, pouco antes, no hotel na região dos Jardins onde a cúpula do PT, a imprensa e a militância aguardaram a confirmação da vitória no final da tarde e início da noite: "se São Paulo não conseguir resolver seus problemas, que cidade no Brasil e no mundo conseguirá fazê-lo? O fracasso de São Paulo seria o fracasso desse genial modelo de convivência que a humanidade desenhou ao longo dos séculos para sobreviver e ser feliz. Essa invenção insuperável do gênio humano chamada cidade".

Viva São Paulo!, viva o presidente Lula!, viva Fernando Haddad!

5 comentários:

Anônimo disse...

FIQUEI SUPER FELIZ DE VC TER POSTADO A FOTO DA MINHA FILHA !!! ELA SE CHAMA CAMILLY TEM 7 ANOS . É PTISTA ROXA . NA SEMANA PASSADA TIRAMOS FOTO COM O LULA QUE ERA O SONHO DELA . ELA TAMBEM CANTOU PARA O HADDAD A MUSIQUINHA QUE FEZ PARA ELE ...FOI LINDO . FICO MUITO FELIZ PELA MINHA PEQUENA GOSTAR DE POLÍTICA. POIS SÃO ELES QUE FUTURAMENTE DECIDIRÃO PELA CIDADE E PELO PAÍS .NÃO PODERIA DEIXAR DE LEVA-LA PARA COMEMORAR A VITÓRIA DO HADDAD , MESMO PQ ELA FOI EM QUASE TODOS OS COMISSIOS ...

OBS . TINHAMOS ACABADO DE SAIR DA MISSA DE SÃO JUDAS TADEU , NA IGREJA QUE EU E MEU ESPOSO FOMOS BATIZADOS , CASADOS E BATIZAMOS NOSSAS FILHAS , TAMBÉM SOMOS DEVOTOS A ELE. OBRIGADA NOVAMENTE....
ENTRE NO FACEBOOK DELA: CAMILLY MIRÃO , E VEJA AS FOTOS E VIDEOS ...

Paulo M disse...

Marta disse ontem que conhece alguns psdbistas que não votaram em Serra tamanha a vergonha que sentiram diante de sua desonestidade para com o governo dela. Parabéns a São Paulo. Nossa, se metade dos barbados deste país fossem iguais à Camilly...

Edu Maretti disse...

Obrigado pelo retorno, cara mãe de Camilly!

Como disse Paulo acima, se metade dos barbados deste país fossem iguais à Camilly... Eu diria que o Brasil estaria salvo.

Abraços

Leandro disse...

Nossa, se metade dos barbados deste país fossem iguais à Camilly... (3)

Alexandre M. disse...

Muito bom ilustrar dessa maneira a vitória surpreendende do Haddad, que há poucas semanas atraz, pouco esperávamos por esse desfecho. A menina da foto balança muito feliz a bandeira do Partido dos Trabalhadores, e nós contemplamos e ficamos bem mais felizes também. Muito melhor assim. A cidade de São Paulo agradece e espera (fará)por melhores dias.